COVID-19 e a Hotelaria Hospitalar

O que está ao nosso alcance, não apenas enquanto cidadãos, mas especialmente envolvendo nossa responsabilidade de profissionais da área de saúde, que prestam suporte à assistência, para contribuir na ajuda ao combate e para refrear de forma efetiva a disseminação do coronavírus?

Encontramos um Plano de Contingência com Medidas de Prevenção e Controle a Serem Adotadas Durante a Assistência aos Casos Suspeitos ou Confirmados de COVID-19, publicado no site da EBSERH e desenvolvido pelo Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Goiás.

Referências do Plano nesse link: http://www2.ebserh.gov.br/documents/222842/0/Plano+de+Conting%C3%AAncia+-+COVID-19+14.03.2020/dbb7ad02-1ce7-4eca-9da7-6d2c6afa9b8d

Página onde foi publicado: http://www2.ebserh.gov.br/web/hc-ufg/seguranca-de-paciente

Com última atualização no dia 13 de Março de 2020, o Plano utilizado como base de referência para esse artigo e vídeo abaixo abrange todas as fases do processo de assistência aos pacientes suspeitos ou confirmados de COVID-19 e tem entre os objetivos, descrever medidas para prevenir ou limitar a transmissão e o fluxo de atendimento.

Chamamos atenção para os ítens relacionados diretamente ao nosso papel enquanto gestores dos serviços de higiene e limpeza hospitalar.

Em geral, vale reforçar a importância de acompanhar de forma efetiva se todos os cuidados com relação ao uso de EPIs e EPCs; diluição adequada dos produtos químicos; técnicas e protocolos de limpeza terminal, estão sendo cumpridos.

Existe alguma medida específica que a sua instituição de saúde está adotando nesse cuidado? Compartilhe nos comentários.

Be Sociable, Share!

About Ana Augusta

Empreendedora, Empresária, Palestrante. Sócia Fundadora da Hotelaria Hospitalar Comunicação e Treinamentos. Formada em Hotelaria pelo SENAC, MBA Gestão em Saúde pela UNIFESP, pós graduada em Hotelaria Hospitalar pelo Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Albert Einstein. Inglês fluente. Alemão Intermediário.